O Eleito

sexta-feira, janeiro 06, 2006

Votos & Proveniências 1

Estou muito contente por vir representar este blogue. O balneário tem um ambiente muito bom. O grupo de trabalho está unido. O Mister Pedro Santos Cardoso é um grande treinador e o Presidente David Afonso deu-me muito apoio. Quero agradecer as boas-vindas e trabalhar muito, marcar muitas posições, para dar muitas alegrias aos Adeptos de «O Eleito». Eu sentia-me bem no Misantropo, mas «O Eleito» significa um passo em frente na minha carreira. Amanhã começo o trabalho de campo. Muito obrigado a todos.

10 Comments:

Blogger David Afonso said...

O nosso reforço de inverno é um avançado polivalente, que tem o faro do golo associado ao espírito de equipa. Foi uma contratação feliz :)

11:12 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Vamos lá ver por quem é que este faz campanha...

12:25 da manhã  
Blogger Mário Almeida said...

bem vindo.

1:46 da manhã  
Blogger O Jansenista said...

Não desfaça depressa de mais a sua valise de carton, caro amigo, vejo-o demasiado lonesome cowboy para alinhar em cooperativas. Bem, vou folhear mais umas paginas de "Os Homens de Alfarrobeira", de Lita Scarlatti, para adivinhar o que vai passar-se em seguida...

9:37 da manhã  
Anonymous Çamorano said...

Santos, Afonso y Cunha...¿Los equivalentes lusitanos de la tripleta atacantes Di Stéfano, Puskas y Gento?

11:53 da manhã  
Blogger João Villalobos said...

Caro Paulo,

Vejo-te muito satisfeito com a entrada, acredito que sejam todos bons rapazes e raparigas mas, passeando por aqui, tudo o que posso dizer é «bah»!
Nada me surpreende e nada de criativo me surge. Nem sequer percebo qual é o propósito disto, para ser franco. Depois explicas-me. 1 grande abraço e, apesar do acima escrito, os meus parabéns.

12:46 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Entre los convidados hay dos anti- españoles, al menos....

1:01 da tarde  
Blogger Paulo Cunha Porto said...

Muito obrigado a Todos os que, gentilmente, me deram as boas vindas. Não farei campanha por ninguém, conscientemente, nem sequer votarei, o que não quer dizer que o resultado me seja indiferente.
Ao Amigo Çamorano: pela minha parte não mereço tão Ilustre Comparação. Os Outros sim, merecem-na.
Ao João já respondi no «misantropo...»; e ao Jansenista peço que não se apresse a colar-me ao destino dos sacrificados que esse belo livro - de que possuo um exemplar - evoca: os Donos da Casa deram-me inteira liberdade, dentro da aceitação estatutária.
Ao Caro Anónimo de Espanha, imploro que Se tranquilize, pois não devemos deixar que feridas do passado condicionem a análise da política vigente. Em todo o caso eu sou impermeável a anti-espanholismos.
Abraço-Vos todos.

4:17 da tarde  
Anonymous Espanhol anonymous said...

Ainda bem....!

8:34 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Sr. Salvador, de Biblioteca de Babel, amigo de España.

8:57 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger