O Eleito

sexta-feira, outubro 28, 2005

«Ceci N'est Pas Une Orange»

«Eu não sou um político profissional.»
(Cavaco Silva)

8 Comments:

Blogger Tiago Alves said...

Pois claro está que não. Tambem acho que essa frase não foi particularmente feliz. É verdade David, o blog ficou mais bonito com os links a vermelho x). E a jantarada? É que daqui a nada estamos a votar e petisco nem vê-lo. Ou pensa-se em juntar a jantarada de concivio com o jantar de Natal? Também não era má ideia..com troca de prendas e tal.. :)
Fica a sugestão

2:46 da tarde  
Blogger Salvador said...

ele trabalhou mais anos como professor ou como político?

quer queiram quer não ele tem legitimidade para o afirmar.

7:52 da tarde  
Blogger David Afonso said...

O Cavaco professor é irrelevante para a história. Amigo Salvador, dê-me um exemplo de um artigo académico do prof. cavaco publicado e reconhecido em publicações internacionais da especialidade (não vale o que foi publicado depois de ter sido 1º ministro). Pois é. Cavaco só vale pelo que fez enquanto político e só vale enquanto memória do que fez. É preciso alguma inconsciência cívica (ou cara de pau mesmo, como se diz na minha terra) para vir dizer que não é político profissional. O que seria do prof. cavaco sem o cavaco político? Apenas mais uma estranha forma de vida da nossa academia...

11:51 da tarde  
Blogger David Afonso said...

Tiago,
Para animar esta malta da casa de bragança, o melhor era pensarmos num jantar de dia de reis...

11:55 da tarde  
Blogger Mário Almeida said...

"dia de reis" :-)

1:42 da manhã  
Blogger Mário Almeida said...

Caro David,
O que afirmou foi que como Cavaco não tem relevência como professor, logo tem que ser político profissional ?

Um político profissional é alguém que vive a sua vida profissional a desempenhar cargos políticos, bem ou mal, não interessa.

Como por exemplo Mário Soares, Marques Mendes, Jorge Coelho, Jerónimo de Sousa, Francisco Louça, etc.

Cavaco é o caso ?

1:47 da manhã  
Blogger Salvador said...

um professor mede-se pelos estudos publicados? não necessariamente.

Cavaco tem uma vida para além da política, quer se queira quer não. E sou estar afastado. Não é cara de pau do homem. É um facto. Ele não é Santana Lopes, nem Durão Barroso, nem Mário Soares. Para o bem e para o mal. É verdade, ele tem razão nesse ponto e pode invocá-lo.

2:32 da manhã  
Blogger Tiago Alves said...

Concordo com alguns pontos dos comentários mas reafirmo: foi infeliz. Alguém que esteve 10 anos a liderar o maior partido português (hehe) e a propria república não pode dizer que não é político. A frase que poderia descrever melhor Cavaco é outra, tb famosa: "Tenho sempre no bolso as chaves do carro. Se a política não resultar, tenho sempre para onde ir" (ou algo do género). Claramente diferente do "vou anfar por ai" não é?
David: não era nada mal pensado x)

10:29 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger