O Eleito

sexta-feira, dezembro 23, 2005

Post Da Direita Não Preconceituosa

Alemanha – Bader-Meinhoff e RAF NÃO eram de Esquerda
Colômbia - FARC NÃO são de Esquerda
El Salvador – Frente Popular de Libertação NÃO eram de Esquerda
Espanha - ETA NÃO é de Esquerda
França – Action Directe NÃO era de Esquerda
Itália – Brigadas Vermelhas NÃO eram de Esquerda
Inglaterra – IRA NÃO são de Esquerda
Líbano – Abu Nidal e Hezbollah e Jihad NÃO eram de Esquerda
Líbia - Carlos - o Chacal NÃO era de Esquerda
Peru – Sendero Luminoso NÃO era de Esquerda
Portugal – FP/25 de Abril NÃO eram de Esquerda
Nicarágua – FSLN (Sandinistas) NÃO eram de Esquerda
Palestina - OLP e Abu Nidal NÃO eram de Esquerda
Rússia – Vontade do povo (ainda na 1º metade do século XX) NÃO eram de Esquerda
Servia – Mão Negra , Gravilo Princip (ainda na 1º metade do século XX) NÃO eram de Esquerda

PS: Para o Post passar a ser verdadeiro tem que se retirar o que está a vermelho.

PS2: Não é verdade que "vale tudo", até porque ninguém acusou a Esquerda de ser terrorista. Isso nunca foi afirmado por ninguém. Embora alguns quisessem que o Ribeiro e Castro dissesse isso. Mas não disse. Mas o que não podem é escamotear a verdade. Por muito que isso possa custar.

10 Comments:

Anonymous Mario Lima said...

Salvador esqueceu-se de acrescentar ao seu artigo a lista de países bombardeados desde 1945 por esse grande "bastião" da extrema esquerda os E.U.A. os grandes defensores da liberdade.

1:32 da manhã  
Blogger CGP said...

Que ganda chato que tu és. Já te disse que a esquerda são aquelas pessoas que defendem os trabalhadores dos capitalistas e ajudam velhas a atravessar a rua. Esse Sr Carlos Chacal não está na comissão de honra do Cavaco?

1:35 da manhã  
Blogger Salvador said...

não podemos confundir terrorismo com política geo-estratégica. Se não quer discutir não o faça. Para discutirmos esta questão não podemos confundir questões.

Até porque eu adorava discutir política internacional consigo.

Porque é que você não refere também os bombardeamentos americanos na Europa ANTES de 1945? Só porque salvaram a Europa?

Porque não refere os bombardeamentos americanos na Europa, mais concretamente na Sérvia? Só porque salvaram um povo da chacina enquanto a Europa assobiava para o lado e as Nações Unidas discutia a tentativa de aprovação de um documento que condenasse as chacinas de pessoas?

E se o meu amigo tentasse não odiar os Estados Unidos por um minuto e deixasse de dizer coisas tolas?

1:40 da manhã  
Blogger Mário Almeida said...

"lista de países bombardeados desde 1945"

França, Alemanha, ... Espera ! É só depois de 1945.

Peço desculpa.

1:41 da manhã  
Anonymous mario lima said...

Quanto a confundir política geo-estratégica com terrorismo, acho este seu argumento hilariante, política geo -estratégica é sem duvida um nome bem mais suave e politicamente correcto, por esta analise poderemos dizer que o 11 Setembro foi uma consequência da política geo-estratégica de alguns estados do médio-oriente
Salvador repare que a ideia de que os bombardeamentos americanos antes de 1945 terem salvo a Europa é sua não minha, mas pronto a Historia é e será sempre escrita pelos vencedores.

2:12 da manhã  
Blogger Salvador said...

é sempre o argumento de quem recusa a História: foi escrita pelos vencedores?!

Então se você não aceita a História como argumento válido vamos falar de quê?

que argumento meu é que você considera hilariante?

2:32 da manhã  
Blogger Tiago Alves said...

Tambem concordo que aquela posta não foi feliz se bem que, salvador, ache que se podem retirar uma meia duzia de NÂOS da sua contra-posta..

Em relação à discussão vou ali ler os meus livros de história do 12º, ou do 9º ou do 6º e já venho cá dizer-vos mais qualquer coisa. Decerto me terá escapado a parte em que o Hitler começou a invadir os países vizinhos para proteger a Europa dos demónios americanos..

ps:eu também acho o seu último argumento hilariante, sr. mário lima :)

9:42 da manhã  
Blogger Luís Bonifácio said...

O Sr. Mário Lima esquece-se da Hungria (1956), Checoslováquia (1968), Afeganistão (1979-1989), só para citar três de muitos mais exemplos.
Em relação ao terroristmo de direita apenas me lembro do atentado de Bolonha e uma mão cheia de acções da OAS francesa.
O restante terrorismo, suas acções e grupos foram sempre de inspiração esquerdista, ou quando não a têm (terrorismo islamita) são pela esquerda apaparicados.

11:26 da manhã  
Blogger Biranta said...

Vocês são uns pândegos!!!
Que "mentalidade" pequenina! Parecem os adeptos do Benfica e do Sporting (ou do Porto) a acharem que, quando perdem, isso justifica desancar quem encontram na frente...
Que coisa! O terrorismo é de esquerda, ou de direita?
Que se lixem essas esquerdas e direitas. Terrorismo é terrorismo e pronto! Tal como criminoso é criminoso, não deixa de sê-lo por ser político, ou candidato, ou...
Esta "conversa", a mim, soa-me assim:
- O meu terrorismo é melhor que o teu! Lava mais branco! Tem mais poder..."
- "Não, não! O meu terrorismo é que é melhor que o teu! É de esquerda (de direita?) e tudo! Defende os trabalhadores (defende o estado e a ordem) e tudo. É um terrorismo cheio de boas intenções e de legitimidade.
Oram vão-se lixar mais os vossos terrorismos...

4:32 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

... e a famosa "rede bombista" apadrinhada pelo cónego Melo, conotada com o ELP do Spínola e outros "suspeitos" como Ramiro Correia, Valentim, Macedo, Avelino FT, etc, etc?... Tal como o Humberto Delgado, também foram "ajustes de contas entre facínoras" que mataram o Padre Max e o Joaquim Ferreira Torres?
Terrorismo = Morte = Assassinato = Guerra... venha o Terror, de onde vier.

4:34 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger